sexta-feira, 30 de julho de 2010

IMPERMANÊNCIA

O colega da Uenf Carlos Leonardo Ramos Póvoa convida para exposição Impermanência: 
É um ambiente composto por telas de plasma, computadores, interface sonora e caixas de som. Uma superposição de imagens e gráficos é suporte para uma experiência plástica e onírica, que busca questionar, de forma poética, o impacto do finaceiro nas nossas vidas cotidianas e futuras.  A instalação trabalha com o imaginário lúdico do jogo de previsão do tarot, sendo mediado pela concretude dos dados eletrônicos da Bovespa/Bm&F. Uma mulher percorre tarólogas. As perguntas sobre o futuro são as mesmas. Na filmagem das consultas o foco são as cartas, a performer e as vozes. Os planos de filmagem são diferentes em cada casa. Na videoinstalação, telas apresentam o gráfico da bolsa de valores em tempo real e exibem o filme. O filme é manipulado eletronicamente conforme a oscilação do gráfico da bolsa, os maneirismos das operações financeiras criam a montagem e a composição sonora ao vivo.

Um software proprietário transforma as informações intradiárias dos ativos negociados na bovespa em comandos para os softwares de vídeo e som. A cada instante, em função das variações do mercado financeiro, o visitante poderá se deparar com uma montagem nova do filme. Com um caráter experimental, o projeto abre infinitas possibilidades de resultado estético. A exposição estará aberta ao público de 03 agosto a 03 de outubro de 2010 no Oi Futuro do Flamengo.
Criação e realização: Luisa Friese e Ricardo Cutz. Filme: performer – Luisa Friese. Direção e som – Ricardo Cutz. Direção de fotografia e montagem – Fernando Coimbra. Softwares – Leonardo Póvoa. Designer gráfico – Iano Coimbra

Cartum da Noite

Ciclistas em risco

Os ciclistas de competição que treinam na Av. Alberto Lamego no período noturno, a vários anos, estão correndo um grande risco. Essa avenida, no trecho Uenf-trevo para São João da Barra já teve um trânsito mais calmo e por isso pode ter sido escolhido para os treinos. Só que agora, com a construção do Porto do Açu, reforma da BR e construção do (elefante branco) Sambódromo, ficou muito movimentado.
 Os ciclistas poderiam se reunir com a Guarda Municipal para pedir que se delimite uma faixa só para as bicicletas, com cones e até batedores da GM no local. Também poderiam utilizar mais equipamentos de sinalização (alguns já estão usando as lanternas que piscam).
Muitas bicicletas em alta velocidade com carros (e caminhões) idem no mesmo local não dá certo. Alguém precisa tomar alguma providência logo antes que ocorra alguma tragédia.

Foto:Roberto Joia em campos.rj.gov.br.

Eleições 2010

13º na conta do servidor

Os servidores do estado recebem hoje metade do 13º salário.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Cartum da Noite


Fonte: Newton Silva em O Jangadeiro Online.

Novo calendário de pagamento do estado


Fonte: O Dia.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Hoje é dia de feira

Toda terça pela manhã acontece a feira dos assentados, no térreo do P5-UENF.
Lá você encontra frutas, verduras, doces, tapioca feita na hora e muito mais!
Passe lá e confira!

Cartum do dia

Fonte: Ique no JB on line.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

O corpo é o espelho da mente


[A medicina se rende a práticas antes consideradas alternativas.
Está provado que meditação, ioga e técnicas de relaxamento previnem e ajudam a curar doenças. Ou seja, a medicina preventiva agora prescreve não só dieta e ginástica, como também o cultivo das emoções e dos pensamentos positivos.]

"Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo, cantava Walter Franco nos anos 70, no que era uma síntese do modo de vida hippie. Hoje, esses versos caberiam num relatório médico. Pesquisas recentes dão respaldo científico a uma crença que, divulgada no Ocidente pelo pessoal do paz-e-amor, está na base de filosofias orientais milenares – a de que uma mente apaziguada ajuda a prevenir doenças, acelera a recuperação física e até cura. O contrário também se revelou verdadeiro. Pensamentos e sentimentos negativos contribuem para o surgimento de moléstias e atrapalham o restabelecimento de um doente. Rancor, hostilidade, ressentimento e angústia podem estar na origem de distúrbios cardíacos, hipertensão, depressão, ansiedade, insônia, enxaqueca e infertilidade. Além disso, o peso dos sentimentos ruins debilita o sistema imunológico, fazendo com que o organismo se torne um alvo fácil de infecções, alergias e doenças auto-imunes, como a artrite reumatóide. A partir dessa constatação, os pesquisadores resolveram examinar a fundo métodos de aprimoramento mental que, há pouco mais de duas décadas, vinham embalados numa aura de puro misticismo. Ioga, meditação e relaxamento viraram objeto de inúmeros estudos a respeito de sua eficácia terapêutica. As conclusões, até o momento, são bastante positivas. "Depois de analisarmos com rigor o alcance dessas técnicas, passamos a utilizar tais métodos como linha auxiliar de alguns tratamentos", diz o psicólogo José Roberto Leite, coordenador da unidade de medicina comportamental da Universidade Federal de São Paulo.

Um dos maiores investigadores do poder da mente sobre a saúde é o cardiologista americano Herbert Benson, da Universidade Harvard, autor do livro Medicina Espiritual. Pesquisas conduzidas por ele mostram que, em média, 60% das consultas médicas poderiam ser evitadas, caso as pessoas usassem sua capacidade mental para combater naturalmente tensões que são causadoras de problemas físicos. A meditação, demonstra Benson, figura entre as maneiras mais efetivas de fortalecer a mente. Num de seus estudos, Benson acompanhou durante cinco anos pacientes que aprenderam a meditar, para tentar controlar doenças coronárias crônicas e outros problemas. Ele notou que os que meditavam de maneira disciplinada, todos os dias, tiveram taxas de recuperação superiores às do grupo de doentes que não levavam a sério a prescrição. O médico americano também verificou que, graças à técnica, metade dos homens com baixo número de espermatozóides por efeito de stress havia melhorado sua produção. Outro dado impressionante é que quase 50% das mulheres com infertilidade associada a dificuldades psicológicas conseguiram engravidar.

Não há nada de transcendental nisso. Usando imagens de ressonância magnética funcional, associadas a um aparelho de eletroencefalograma , uma equipe da Universidade de Wisconsin-Madison comprovou que a meditação produz efeitos concretos no cérebro. Nesse estudo, os pacientes foram divididos em dois grupos: o primeiro praticou-a uma hora por dia, seis dias por semana, ao longo de dois meses. O segundo não meditou. A atividade no cérebro das pessoas de cada grupo foi medida e comparada. Os dados mostraram que, entre os que meditavam, houve um aumento na ativação do córtex pré-frontal esquerdo, a área que concentra as emoções positivas. Os pesquisadores também testaram se o pessoal da meditação teve a função imunológica melhorada. Para chegar a uma resposta, os integrantes de ambos os grupos tomaram vacina contra gripe. De quatro a oito semanas depois da administração da vacina, os participantes do estudo fizeram exames de sangue para medir o nível de anticorpos que produziram contra a vacina. No grupo da meditação, houve um aumento mais significativo.

A ioga, uma prática de origem indiana, começou a ser praticada nos países ocidentais no final da década de 60. No início, era coisa de gente que buscava no esoterismo oriental uma forma de escapar ao materialismo capitalista. Aquela história de sociedade alternativa e por aí vai, como deve lembrar o leitor que já passou dos 40 anos. Depois, a ioga foi relegada a um certo ostracismo, de onde ressurgiu na década de 90 como uma forma de ginástica para pessoas que, integradíssimas ao materialismo capitalista, queriam apenas tonificar e alongar os músculos. Hoje, o que ocorre é o inverso do que se dava há trinta anos: muitos que escolheram praticar ioga como exercício físico vêm descobrindo que se trata de uma ótima forma de aprimorar-se mentalmente. Calcula-se que haja no Brasil 5 milhões de iogues. De duas a três vezes por semana, eles se torcem e retorcem, sentam-se na posição de lótus, controlam a respiração e, ao final das sessões, entoam mantras (a repetição em voz alta de palavras ou sons que ajudam o sujeito a meditar), antes de se despedir com um sonoro Namastê, saudação que significa "o que há de divino em mim reverencia o que há de divino em você". Bonito, não? Pois é, tudo isso dá uma calma danada, dizem os praticantes. A ioga disseminou-se de tal forma que, nos Estados Unidos, ela é aconselhada até para bebês. Segundo a psicóloga DeAnsin Parker, autora de um recente livro sobre o assunto, bebês que são colocados por suas mães em determinadas posições de ioga têm estimulados os sistemas circulatório e digestivo. Ah, sim, eles acabam dormindo melhor também.

Foi a demanda pela prática indiana que despertou nos pesquisadores o interesse em checar quais são exatamente os benefícios que a ioga traz. Descobriram que ela ajuda a diminuir o ritmo cardíaco, a regular o funcionamento do sistema respiratório, a reduzir a pressão sanguínea e os níveis de colesterol. Isso porque seus exercícios físico-mentais ativam a parte do sistema nervoso responsável pelo relaxamento. Ou seja, fazem um bem enorme para o coração e, não menos importante, para o que se convencionou chamar de alma – ansiosos e deprimidos encontram alívio em seus sintomas. Para não falar daquele efeito mais visível que é o de melhorar a postura, minorando as dores causadas por desvios de coluna. Os pesquisadores verificaram que a ioga pode ser de grande valia no tratamento de mulheres na pós-menopausa. Ao auxiliar no equilíbrio da produção hormonal, diminui as alterações de humor tão típicas dessa fase da vida. Comprovou-se, por fim, que a ioga faz uma espécie de massagem no sistema linfático, responsável pelo transporte das células de defesa do corpo e pela limpeza dos dejetos produzidos pela atividade celular e outras impurezas. Com isso, fortalece o sistema imunológico e mantém o interior do organismo livre de agentes patogênicos.

Do ponto de vista médico, uma das grandes vantagens das técnicas que trabalham a mente é que não há contra-indicação. "Mas é importante deixar claro que nenhum especialista sério minimizaria a importância dos remédios", diz o cardiologista Herbert Benson. Segundo ele, a longevidade e o bem-estar das pessoas estão baseados num tripé: remédios (não há substituto para a penicilina, por exemplo), cirurgias (a única saída para uma grande quantidade de problemas) e os cuidados pessoais (que incluem exercícios para o corpo e para a mente). Ou seja, a medicina preventiva agora prescreve não só dieta e ginástica, como também o cultivo das emoções e dos pensamentos positivos."

“O que for da natureza do seu ser assim será teu desejo, o que for seu desejo assim será sua vontade, o que for sua vontade assim serão seus atos, o que forem teus atos assim será o seu destino”

Brihadaranyaka Upanishad


domingo, 25 de julho de 2010

Simplesmente pensando...


Yoga, Yôga, Yóga, Ioga, Ióga ou Iôga?


Geralmente me perguntam: “Qual seria a pronúncia e escrita correta? Yoga, Yôga, Yóga, Ioga, Ióga ou Iôga? Esta palavra é feminina ou masculina?”

Antes de avançarmos na resposta, podemos ir direto às suas fontes e verificarmos as definições desta prática. Como é de origem oriental, mais especificamente da Índia, consultaremos estas fontes de origem. Existem textos como os Puranas, os Vedas, os Upanisads, o Shiva Samhitá. Também a Bhagavad Gita, o Yoga Sutra, o Hatha Yoga Pradípiká, o Gheranda Samhitá.

Na Bhagavad Gita:

"...Yoga é equanimidade da mente". (II, 48) "Yoga é a excelência, a arte de todas as ações". (II, 50)

No Yoga Sutra:

"Yoga é o recolhimento das atividades da mente" (I, 2)

Comentários de Vyasa (grande sábio da Índia) aos Sutras de Patanjali:

"Yoga é Samadhi (liberação)". (I, 1)

Nos Upanishads:

"Não conhece doença, velhice nem sofrimento aquele que forja seu corpo no fogo do Yoga. Atividade, saúde, libertação dos condicionamentos, circunspecção, eloquência, cheiro agradável e pouca secreção, são os sinais pelos quais o Yoga manifesta seu poder." Upanishad Shvetashvatara (II:12-13).

"A unidade da respiração, da consciência e dos sentidos, seguida pela aniquilação de todas as condições da existência: isso é o Yoga." Upanishad Maitri, VI:25

"Quando os cinco sentidos e a mente estão parados, e a própria razão descansa em silêncio, então começa o caminho supremo. Essa firmeza calma dos sentidos chama-se Yoga. Mas deve-se estar atento, pois o Yoga vem e vai." Upanishad Katha, VI

Tendo referência base, o Yoga Sutra (aforismos do yoga datado por volta de 200 a.C.) do sábio indiano Patañjali, sobressai das demais por ser um tratado que ele copilou dos conhecimentos narrados por escrituras anteriores e que sistematiza a prática do yoga. Devido a esta forma organizada, Patañjali é conhecido por alguns como o fundador do Yoga, o que não é verdade, pois há aproximadamente 7.000 anos atrás apareceu muito antes de Patañjali o senhor Siva, dotado de conhecimento extremamente refinado sobre práticas de Yoga e profundos conhecimentos filosóficos. O Yoga Sutra é um tratado sobre o Raja Yoga (yoga Real), baseado na escola Samkhya e nas escrituras Hindus especialmente o Bhagavad Gita. O Yoga também utiliza os conhecimentos dos Puranas, Vedas e Upanishads...

Inquestionavelmente trata-se de um trabalho que auxiliou e simplificou o entendimento das práticas, os ensinamentos e os propósitos do Yoga. O Raja Yoga ficou conhecido por Ashtanga Yoga (astha=oito e anga=passos, ramos) que é a espinha dorsal dos Sutras de Patañjali. São eles:

Yama- Códigos morais
Niyama- Purificação e estudo
Asana- Postura
Pranayama- Controle da respiração
Pratyahara- Controle dos sentidos
Dharana- Concentração
Dhyana- Meditação
Samadhi– Contemplação – liberação

Os principais mestres que surgiram no século passado foram: Krishnamacharya, Swami Sivananda, Gurudeva, Swami Vivekananda e Sri Aurobindo. Estes mestres ou os seus discípulos disseminaram a prática e ensinamentos das suas respectivas linhas de Yoga, tal qual conhecemos atualmente no oriente e ocidente e sempre tendo como base os ensinamentos do Yoga Sutra. No entanto o de maior destaque é inquestionavelmente Krishnamacharya, de técnica e ensinamento singular que incentivava os seus discípulos que mais se destacavam ( B.K.S. Iyengar, Pattabhi Jois e Desikachar) a desenvolver o estilo de Yoga que mais adaptava a sua natureza e realização de prática.

Os principais ramos do Yoga são a Raja Yoga, Karma Yoga, Janana Yoga, Hata Yoga e Bhakti Yoga.

Afinal o certo é Yoga, Yôga, Yóga, Ioga, Ióga ou Iôga? Feminina ou masculina?

‘Yoga’ é uma palavra sânscrita masculina e no sânscrito a letra “o” tem um som fechado, então podemos descartar Yóga e Ióga, mais ainda ficaremos com quatro opções que por usualidade do ambiente eu ficaria com “Yoga”, mas em nossos dicionários é mais comum encontrar “Ioga”. Oportunamente, abro um ‘parêntese’ para as acepções de alguns dicionários que trazem informações lamentavelmente equivocadas, distorcidas, incompletas e tendenciosas sobre o verdadeiro significado e objetivo do Yoga.

Vou deixar a resposta final para o querido mestre brasileiro, profesor Hermógenes que este ano completou 89 anos de idade e quase 50 anos de prática de Yoga. Quando perguntam a ele sobre qual seria a correta pronuncia e o correto significado da palavra ‘Yoga’ ele responde que o importante não é a pronúncia mas manter-se na prática. Ressaltando assim a importância desta milenar prática na vida de todos.

Posso garantir ao leitor que falar sobre uma arte milenar como o Yoga e de seus benefícios para o corpo, a mente e emoções e para a alma é extremamente complexo, não só por se tratar da limitação de tão poucas linhas, mas também pela variedade de matizes e aplicações neste vasto universo do Yoga.


Pense sobre isto ...


Prática de Yoga

"Não quero dar qualquer outra prova da verdade que não esteja apoiada na experiência pessoal. Quanto mais alguém pratica Yoga com paciência e regularidade, tanto mais sente, intensa e demoradamente, que está fixo na Bem aventurança ou Deus."

Paramahansa Yogananda, “The Science of Religion”


Cartum do dia

Fonte: Jota A em O Dia (PI).

sábado, 24 de julho de 2010

Docentes sem aumento x Expansão


Os docentes da Uenf não foram contemplados com o aumento concedido pelo governo Cabralzinho para várias categorias do funcionalismo público estadual. Enquanto os técnicos receberam 22% os docentes ficaram na promessa para 2011!
A saída de professores da Uenf devido aos baixos salários se agravou nos últimos 4 anos. Até os concursos públicos promovidos para tentar repor as vagas foram comprometidos: poucos candidatos/vaga (diminuindo a qualidade) e diversas vagas não preenchidas. Se a Uenf ainda não parou com alguns cursos é porque contrata professores por meio de bolsas (por semestre).
No quadro de técnicos também tivemos muitas saídas e várias funções foram comprometidas. Da mesma forma que os docentes, técnicos também estão sendo contratados por meio de bolsa, sem falar na terceirização de diversos serviços (segurança, limpeza, jardinagem, manutenção). Enquanto ainda há concurso para docentes, não se fala na contratação de novos técnicos.
Dessa forma, não entendemos como querem ampliar os cursos e municípios de atuação se não contratam pessoal e não se recompõe as perdas salariais? 
Anunciam  concurso para os novos campi universitários sem a reposição dos servidores em sua sede.
Vejam a nota da ASCOM/UENF:


A expansão da UENF para o Noroeste Fluminense, aprovada por unanimidade pelo Conselho Universitário (CONSUNI), e a ampliação das atividades em Macaé estão entre os tópicos da proposta orçamentária da UENF para 2011. A proposta foi aprovada na última semana (13/07) pelo Conselho Universitário. Por 30 votos contra dois, o CONSUNI definiu em R$ 291 milhões a demanda de orçamento da UENF para o próximo ano.
A expansão para o Noroeste tinha sido aprovada em 18 de junho, por unanimidade. Para viabilizar a demanda, os conselheiros aprovaram o pleito de contratação escalonada de 50 novos professores (15 titulares e 35 associados) e 70 técnicos-administrativos ao longo de 2011 e 2012. A proposição foi encaminhada pela Reitoria à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT) em 24/06. Entre outros tópicos, o documento cita uma mobilização da população de Italva (RJ), que gerou abaixo-assinado em favor da implantação de um campus da UENF e teve apoio de 12 prefeitos da região.
Após ouvir a comunidade do Noroeste, uma comissão criada pela Reitoria realizou estudos e indicou possíveis cursos - de graduação e pós-graduaçãostricto sensu - nas áreas de Engenharia de Alimentos, Zootecnia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia de Minas, Assistência Social e Licenciaturas de Pedagogia, Química e Biologia.
Ampliação - Para Macaé, a proposta da UENF, aprovada pelo CONSUNI ainda em 2009, é implantar no campus já existente um Polo ou Centro abrangendo as seguintes áreas: Meteorologia, Engenharia Mecânica, Engenharia Química e Engenharia Ambiental e Sanitária. A proposta, encaminhada ao governo no final do ano (processo E-26/050.027/10), segue o modelo da UENF da indissociabilidade entre ensino,  pesquisa e extensão, com cursos de graduação, mestrado e doutorado. Também está prevista a ampliação das vagas nos cursos já existentes de graduação e pós-graduação na área de Engenharia de Exploração e Produção de Petróleo.
A ampliação da UENF em Macaé também exigirá a contratação escalonada de 50 novos professores (15 titulares e 35 associados) e 70 técnicos-administrativos. Para prover a adequação de instalações e manutenção, estima-se tanto para Macaé quanto para o Noroeste a necessidade de R$ 4 milhões nos três primeiros anos e R$ 2 milhões por ano de manutenção.

Cartum do dia


Fonte: Amorim, no Correio do Povo.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Cartum da Noite



Fonte: Bello no Tribuna de Minas.

Contra números os argumentos ficam frágeis

Fomos governados 8 anos pelos bons moços do tucanato nacional e o Brasil ficou estagnado todo esse período. Não havia distribuição de renda, expansão industrial e os salários do funcionalismo estavam congelados!
Enquanto alguns levantam a bandeira do "perigo vermelho", outros estão dando uma pelota para o terrorismo jornalístico! No governo "esquerdista pró-terrorista" a indústria cresceu e lucrou. Para os empresários, não importou a cor da camisa do governo e sim suas ações positivas.
Vejam alguns números da indústria brasileira e a confiança na estabilidade do país:

- A indústria brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos apresentou crescimento de 14,7% em 2009, comparando ao ano anterior.
- A indústria de produtos de limpeza movimentou R$12,2 bilhões em 2009, com crescimento de 7% em relação ao ano de 2008.
- A indústria de produtos químicos de uso industrial fechou o primeiro quadrimestre de 2010 com alta de 15,83% na produção e 14,66% nas vendas para o mercado interno, comparado ao mesmo período de 2009.
- A fabricante de embalagens de papelão Mazurky obteve um crescimento de 70% em sua produção de janeiro a abril de 2010, quando comparado ao mesmo período de 2010.
- O segmento de material de construção cresceu 9,5% sobre o mesmo período de 2009; a expectativa é de um crescimento de 11% em 2010.
- A AMBEV investirá R$260 milhões na construção de uma nova fábrica em Pernambuco.
- A BASF deverá investir 250 milhões de euros em uma nova fábrica de tintas em São Paulo.
- A PEPSICO deve investir 300 milhões de dólares até 2013 na ampliação de fábricas e centros de distribuição.

Fonte: Revista Embalanews (jul.2010).

Lixo Requentado

Por que é que a cada eleição presidencial o PIG (Partido da Imprensa Golpista) volta com o tema PT/FARCs?
Toda eleição é a mesma coisa!!! VEJAm as matérias nas revistas pró-tucanas e nos velhos jornalões de sempre! Passada a votação, não se fala mais no assunto!
A tentativa de associar o partido do governo com guerrilha/terrorismo para assustar a classe média já vem de longa data. A classe média, na visão das bestas do apocalipse, precisa receber uma carga de informações negativas para se conscientizar do perigo vermelho e votar no "candidato certo"! Pô!? Estão nessa ainda!
As tentativas para enganar os mais abastardos foram muitas: “o governo tomará a poupança”, “estatizará o sistema bancário”, “brigará com os EUA”, “transformará o Brasil em um país socialista”.
Nada disso aconteceu, mas como o PIG não teve capacidade para inventar algo novo, resta requentar acusações velhas para ver se cola dessa vez!
É uma vergonha!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Doação de sangue

Da Ascom/Uenf:

Amaro Luiz Almeida Souza, que sofreu acidente de moto e está internado no Hospital Ferreira Machado, precisa de doação de sangue. Quem puder doar deve se dirigir ao Hemocentro, que funciona junto ao mesmo hospital. A solicitação é do servidor José Fernando de Abreu Almeida,
da GRH/UENF.

Cartum da Noite


Fonte: Angeli (UOL).

Servidores estaduais da saúde protestam

Deu no O Dia(valeu a dica do nosso leitor!):
Rio - Aproximadamente 100 servidores fizeram um protesto, nesta quarta-feira, em frente ao Palácio Guanabara, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio. Os trabalhadores querem reajuste salarial. 

O pobrema é nóis!


Ouvi um "pedaço" da entrevista da ex-secretária de educação de Campos e atual presidente da Fundação Trianon, Maria Auxiliadora Freitas, na rádio Educativa nessa manhã.

Pelo pouco que escutei, deu para perceber como a educação de nossa cidade chegou na última colocação do estado.
Realmente, a educação é um POBREMA!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Cartum da Noite

Fonte: André Marangoni para A Tribuna.

Curso de informática na Vila Maria

Da Ascom/Uenf:
Estão abertas até o dia 06/08 as inscrições para o curso gratuito de informática básica (Linux e Internet) oferecido pela Casa de Cultura Vila Maria da UENF. As inscrições podem ser feitas na própria Casa de Cultura de segunda a sexta, das 9h às 18h e sábado das 13h às 20h. A taxa é de R$ 10. Os interessados devem levar cópia da identidade, CPF e uma foto 3x4. As aulas serão ministradas nos turnos da manhã, das 9h às 11h, e no turno da tarde, das 15h às 17h. Somente na sexta e no sábado as aulas serão das 14h às 18h. O curso tem previsão para começar no dia 09/08 e é uma iniciativa do projeto Villa Livre.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Campos no buraco

A saúde não funciona, a educação é uma das piores do Brasil, a segurança é um caso de polícia, não há desenvolvimento sustentável e as ruas estão tomadas de buracos!
Será que é o fim!!!!???
Que nada!
Em se tratando de Campos nada pode estar tão ruim que não possa ser piorado!

Distorção: eu quero uma para viver!

E os debates acalorados continuam a rolar nas listas de e-mails dos técnicos.
Distorção ou não? Eis a questão!

Cartum da Noite


Fonte: Amarildo - Gazeta (ES)

domingo, 18 de julho de 2010

Simplesmente pensando...

Atitude Ética, Atitude Correta.

A vidas, as coisas, as pessoas, as diversas instituições sejam religiosas, de ensino, políticas, sociais, das artes..., nos diversos países, nas diversas raças, nos diversos costumes os movimentos e comportamentos sempre mostraram facetas diversificadas, enquanto vivemos na dualidade o estranhamento é inevitável. Nossa visão da realidade está marcada por julgamentos, pré-noções, sentimentos, preconceitos, que são influenciados pela influência direta das mídias, das escolas, das famílias, das religiões, dos partidos políticos, meio social...
Note a palavra “diversa(o)”. A diversidade é uma das inegáveis facetas da complexa natureza como um todo e a humanidade não foge a esta regra de ser diversificada. Pensamentos serão diversos, atos serão diversos, comportamentos serão diversos.
É sensato respeitarmos toda esta diversidade, enquanto não somos iluminados o suficiente para transcendermos e ter uma ampliada compreensão de tudo.
Esta introdução nos leva facilmente ao pensamento: - O que seria certo? O que seria errado? O que seria ético?
Seguindo esta linha de raciocínio poderíamos verificar algumas definições:

Dicionário Houaiss:
”1 parte da filosofia responsável pela investigação dos princípios que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo esp. a respeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes em qualquer realidade social
1.1 Rubrica: filosofia.
em doutrinas racionalistas e metafísicas, estudo das finalidades últimas, ideais e, em alguns casos, transcendentes, que orientam a ação humana para o máximo de harmonia, universalidade, excelência ou perfectibilidade, o que implica a superação de paixões e desejos irrefletidos
1.2 Rubrica: filosofia.
no empirismo, materialismo ou positivismo, estudo dos fatores concretos (afetivos, sociais etc.) que determinam a conduta humana em geral, estando tal investigação voltada para a consecução de objetivos pragmáticos e utilitários, no interesse do indivíduo e da sociedade
2 Derivação: por extensão de sentido.
conjunto de regras e preceitos de ordem valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade”

Wikipédia:
“Ética deriva do grego ethos, que significa modo de ser, caráter, comportamento é o ramo da filosofia que busca estudar e indicar o melhor modo de viver no cotidiano e na sociedade. Diferencia-se da moral, pois enquanto esta se fundamenta na obediência a normas, tabus, costumes ou mandamentos culturais, hierárquicos ou religiosos recebidos, a ética, ao contrário, busca fundamentar o bom modo de viver pelo pensamento humano. [1][2].
Na filosofia clássica, a ética não se resume ao estudo da moral (entendida como "costume", do latim mos, mores), mas a todo o campo do conhecimento que não é abrangido na física, metafísica, estética, na lógica e nem na retórica. Assim, a ética abrangia os campos que atualmente são denominados antropologia, psicologia, sociologia, economia, pedagogia, educação física, dietética e até mesmo política, em suma, campos direta ou indiretamente ligados a maneiras de viver.
Porém, com a crescente profissionalização e especialização do conhecimento que se seguiu à revolução industrial, a maioria dos campos que eram objeto de estudo da filosofia, particularmente da ética, foram estabelecidos como disciplinas científicas independentes. Assim, é comum que atualmente a ética seja definida como "a área da filosofia que se ocupa do estudo das normas morais nas sociedades humanas" [3] e busca explicar e justificar os costumes de um determinado agrupamento humano, bem como fornecer subsídios para a solução de seus dilemas mais comuns. Neste sentido, ética pode ser definida como a ciência que estuda a conduta humana e a moral é a qualidade desta conduta, quando julga-se do ponto de vista do Bem e do Mal.
A ética também não deve ser confundida com a lei, embora com certa frequência a lei tenha como base princípios éticos. Ao contrário do que ocorre com a lei, nenhum indivíduo pode ser compelido, pelo Estado ou por outros indivíduos, a cumprir as normas éticas, nem sofrer qualquer sanção pela desobediência a estas; por outro lado, a lei pode ser omissa quanto a questões abrangidas no escopo da ética.
Modernamente, a maioria das profissões têm o seu próprio código de ética profissional, que é um conjunto de normas de cumprimento obrigatório, derivadas da ética, freqüentemente incorporados à lei pública. Nesses casos, os princípios éticos passam a ter força de lei; note-se que, mesmo nos casos em que esses códigos não estão incorporados à lei, seu estudo tem alta probabilidade de exercer influência, por exemplo, em julgamentos nos quais se discutam fatos relativos à conduta profissional. Ademais, o seu não cumprimento pode resultar em sanções executadas pela sociedade profissional, como censura pública e suspensão temporária ou definitiva do direito de exercer a profissão.”
(CEI):
“Atitude- Do latim aptitudine atitude, através do italiano attitudine significa uma maneira organizada e coerente de pensar, sentir e reagir em relação a grupos, questões, outros seres humanos, ou, mais especificamente, a acontecimentos ocorridos em nosso meio circundante. (Kardec, 1978, p. 7) É um dos conceitos fundamentais da psicologia social. Faz junção entre a opinião (comportamento mental e verbal) e a conduta (comportamento ativo) e indica o que interiormente estamos dispostos a fazer. Segundo Jean Meynard, “É uma disposição ou ainda uma preparação para agir de uma maneira de preferência a outra. As atitudes de um sujeito dependem da experiência que tem da situação à qual deve fazer face”. Pode se dizer também que é a “Predisposição a reagir a um estímulo de maneira positiva ou negativa”.

Podemos resumir ética como o respeito abrangente e do caráter e atitude de ser equânime mediante a realidade universal...
Pense sobre isto...

Atitude Correta

"Evite uma atitude negativa perante a vida. Por que baixar o olhar para os esgotos, quando há tanto encanto ao nosso redor? Pode-se sempre achar alguma falha, mesmo nas maiores obras de arte, da música e da literatura.
Mas não é bem melhor desfrutar seu encanto e esplendor?
A vida tem um lado claro e um lado escuro, pois o mundo da relatividade é composto de luz e sombras. Se você deixar que os seus pensamentos se ocupem com a maldade, você se tornará feio. Veja somente o bem em tudo, e você absorverá a qualidade da beleza." Paramahansa Yogananda, "O Mestre disse"