segunda-feira, 31 de maio de 2010

Enquanto isso...no consultório...

E a Reitoria, não fala nada?

Comentário de um servidor que compareceu a reunião na SEPLAG na última sexta feira: O Sub (secretário) disse desconhecer qualquer proposta de aumento para a Uenf!
Peraí! O Reitor se reuniu com Cabralzinho em 09/02, e o Uenfezado noticiou (aqui), para negociar a reposição salarial, ficando acordado que o índice de reajuste seria anunciado em 25/03 (nesse dia deram foi uma banana para nós).
O que aconteceu com o pedido do Reitor? Jogaram no lixo?!?
A Reitoria está devendo aos servidores da Uenf uma nota sobre o que está fazendo com relação a nossa reposição. Ainda está tentando reverter à situação, buscando o reajuste, ou já jogou a toalha?

Cartum da Noite

Gracinhas da Globo: agora a pouco, logo após noticiar o ataque de forças israelenses aos barcos que levavam ajuda humanitária à Palestina, que chocou o mundo todo, o Jornal Nacional coloca uma reportagem sobre uma possível construção da bomba atômica no Irã e antigas declarações do presidente Iraniano contra Israel.
São de uma baixeza incomensurável!

Tropas não irão para as ruas

O exército de DAS foi desconvocado. A "marcha" que seria realizada amanhã foi considerada prematura pelos "Generais".

Esperemos pelo dia 14

Pelo que se escuta, parece que os sindicatos esperarão até o dia 14/06 (data da reunião na SEPLAG) para tomar alguma decisão de endurecer ou não o movimento salarial.

Cartum do dia

sábado, 29 de maio de 2010

RECEITAS UENFezado

O departamento técnico de culinária, educação alimentar, nutrologia e economia doméstica do UENFezado, adaptou algumas receitas do livro de nosso colaborador Corujão, o homem do ovo mole. Elas cairão bem para esse momento de crise que estamos vivendo sem reajuste salarial.

A primeira receita é a deliciosa rabanada salarial com banana.
Ingredientes: 
  1. Junte 2 anos de pagamento PINGA-PINGA;
  2. Junte um PÃO-DURO;
  3. Misture 4 anos de babação de OVO;
  4. Mecha bem 4 anos de movimento sem SAL;
  5. FERMENTE a desunião;
  6. Uma colher de ÓLEO de peroba;
  7. Uma BANANA grande (só serve a do Guanabara)
  8. Coloque em BANHO-MARIA a promessa salarial e deixe a chapa esquentar por mais 2 anos.
Procedimento:
Misture toda essa gororoba e coloque um aromatizante de baunilha (senão ninguém agüenta o cheiro insuportável). Enfie a banana grande de uma só vez na rabanada e aguente firme (se não escorrega)!
Acompanhamento: Suco de mandioca.
Aprecie com moderação!

Fala, Secretário!

Cartum do dia

O fim está próximo

Faltam 35 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor das universidades.

Aumento em 1º de Junho

Deu no O Dia:
Servidores da Segurança Pública do Rio — das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros — vão receber, neste ano, o maior aumento já concedido pelo governador Sérgio Cabral. Segundo fonte ligada ao alto escalão do Palácio Guanabara, o índice está praticamente fechado e será superior aos 8% pagos para a classe em 2008. Na quarta-feira, Cabral já havia anunciado que o reajuste da Segurança seria maior do que o das classes que também vão ser contempladas. Além das carreiras já anunciadas: Pesagro, Emater, Inea, Faetec e engenheiros do estado, também receberá reajuste o corpo funcional do DER-RJ . Para todas essas classes o aumento deve ficar entre 4,5% e 5%.
Cabral também anunciou quarta-feira que mensagens com os reajustes serão enviadas para a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) na próxima semana. A expectativa é que o anúncio oficial seja feito na terça-feira, dia 1º de junho. A assembleia também votará a implementação do Plano de Cargos dos Fazendários e o projeto da carreira de contador. Esse último finalizado pelo Poder Executivo, autor do texto enviado ao Legislativo.
Também há indicação dos parlamentares, inclusive com apoio da base governista, para que os servidores e trabalhadores do Detran-RJ recebam aumento este ano, assim como os servidores que atuam na Fundação Leão XIII. Os deputados estaduais também querem incluir na revisão do teto salarial dos fiscais e delegados de polícia, que atualmente é de R$ 12.750.

Papo cabeça

Se você queria escutar um bom papo sobre política, licitações, acordos, operações policiais, e não sabia onde encontrar: seus problemas acabaram!

Acesse agora mesmo o Blog do Roberto Morais e se deleite! E o melhor: a audição é di grátis!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Eterno estado de greve

Se não falhar minha débil memória, estamos em estado de greve desde o ano passado!
Qual a novidade?
Ficaremos assim até o fim do ano?
Ou ficaremos assim até chegar o dia 3 de julho?

Leiam o embromation na integra

Juntos somos (mais) enganados!
Da página do SINTUPERJ:

Secretário não comparece à reunião e entidades afirmam estado de greve 
Ao final nada avançou, apenas o horário do superintendente que saiu às pressas para outro compromisso

Depois de adiar a reunião, o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy, não compareceu ao encontro com as entidades sindicais na manhã desta sexta-feira, dia 28. Representantes da Aduenf, Asduerj e Sintuperj – em campanha salarial unificada – levaram as reivindicações dos trabalhadores e pressionaram pela abertura de negociação com o governo do Estado. Os dirigentes foram recebidos pelo superintendente de Carreira, Remuneração e Treinamento, Ivan Diniz, e seu assessor, Pedro Brás. Ambos justificaram a ausência de Sérgio Ruy devido a uma viagem.

Unificação da pauta
Luís Passone, representante da Aduenf, abriu a reunião reforçando o objetivo da mesma: a abertura de um canal de diálogo com o governador Sérgio Cabral. Para além das questões específicas da Aduenf, como aumento de vale alimentação e auxílio creche, Passone levantou as questões gerais: “A diferença salarial das nossas universidades estaduais em relação às federais é absurda e a evasão de professores é a nossa realidade, infelizmente”. O dirigente ainda lembrou do índice de defasagem salarial de 82%.

O representante e coordenador geral do Sintuperj, José Arnaldo Gama, afirmou que a unificação da campanha salarial entre as entidades representa um grande salto político. “Esta campanha é histórica entre as universidades e, a cada dia, nossa luta se fortalece. E, em nossos estudos, o que temos acompanhado é que as contas do governo estão super positivas enquanto nossos salários estão precários. Sabemos também que existe margem de negociação, já que o governo gasta apenas 36% da receita com pessoal”, explicou Arnaldo que reivindicou o repasse dessa verba para as universidades estaduais.
Recomposição já
De acordo com a pauta específica da Asduerj, a presidente da entidade, Cleier Marconsin, questionou a falta da dedicação exclusiva do docente na Uerj. “A Uerj é a única universidade do Brasil que não tem dedicação exclusiva e este fato vai na contramão do que o Ministério da Educação (MEC) e outros órgãos respaldam”, ela declarou pedindo antecipação da dedicação da Uerj que está prevista para 2012. “A unificação de nossa campanha salarial representa a nossa disposição política de somar forças para que cada setor e cada categoria consigam o melhor, superando as diferenças salariais”, afirmou.

Guilherme Mota, diretor da Asduerj reforçou a questão da evasão de quadros da universidade. “A evasão de recursos humanos da Uerj é enorme e isto não é algo que vamos recuperar com facilidade. Estamos perdendo professores no meio da carreira, além da redução de jornada que se tornou comum aqui e a antecipação da aposentadoria. A recomposição salarial é fundamental para evitar uma situação ainda pior na Uerj”, acrescentou.
E o nosso PCC?
O coordenador geral do Sintuperj, Jorge “Gaúcho” lembrou que existe uma minuta emperrada na Secretaria de Planejamento e Gestão. “Esta minuta está empacada na Seplag há dois anos e garante melhorias ao nosso Plano de Cargos e Carreiras e até hoje nada”, disse. O dirigente solicitou uma cópia do documento, no entanto, continua na burocracia do protocolo da Seplag. “Se tivermos que chegar a uma greve, chegaremos! Estamos em estado de greve e precisamos de uma solução imediata”, alertou “Gaúcho”. Segundo o coordenador jurídico do Sintuperj, Antonio Vírginio Fernandes, os servidores precisam ser tratados com mais dignidade. “Estamos com 82% de defasagem salarial e este número não é inventado, ele advém de uma série de índices de inflação e, por isso, tão necessária nossa recomposição salarial”, pontuou.

Mais mentirasAo contrário do que os dirigentes afirmaram e provaram sobre as contas do governo, o superintendente, Ivan Diniz, afirmou que o Estado está passando por uma situação muito difícil. Vergonhosamente, Diniz ainda citou o caso dos royalties do pré-sal. “Depois que a Câmara Federal aprovou a retirada dos royalties e a divisão dos mesmos, o Estado se encontra em uma situação muito difícil. Vocês precisam esperar”, ele sugeriu. Nesse momento, Jorge “Gaúcho” respondeu: “Até quando vamos esperar? Já são nove anos! Queremos saber prazo”.
Nova reuniãoDiante da pressão, o superintendente declarou que não pode adiantar nada, pois a Secretaria retomou os estudos sobre este caso e, então, propôs uma próxima reunião para segunda-feira, dia 14/6, para tratar questões específicas da Uenf. Embora o superintendente tenha a intenção de fragmentar a unidade entre as entidades sindicais, Arnaldo e Cleier enfatizaram: “Estamos em campanha salarial UNIFICADA e, portanto, as três entidades virão, nesse dia, acompanhar a conversa”.
AvaliaçãoAo final nada avançou, apenas o horário do superintendente que saiu às pressas para outro compromisso. A hora é agora e temos que mostrar nossa força para o governo. Teremos assembleia unificada em Campos no próximo dia 8/6 e já lotamos dois ônibus para a atividade. Garanta já o seu lugar e a sua força nessa luta! As inscrições podem ser feitas no Sintuperj e na delegacia sindical do Hupe. Compareça e traga o seu colega junto! Vamos fazer um ato público nas ruas de Campos após a assembleia. Juntos somos fortes!


Secretário não comparece à reunião e entidades afirmam estado de greve

Postado por SINTUPERJ
28/5/2010 19:40:15
Secretário não comparece à reunião e entidades afirmam estado de greve
Depois de adiar a reunião, o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy, não compareceu ao encontro com as entidades sindicais na manhã desta sexta-feira, dia 28. Representantes da Aduenf, Asduerj e Sintuperj – em campanha salarial unificada – levaram as reivindicações dos trabalhadores e pressionaram pela abertura de negociação com o governo do Estado.

Fala alguma coisa Rosinha!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Estou cansado de ser enganado!

Infelizmente, para democracia, para ética, para a decência, a sociedade parece que não leva mais a sério as decisões da justiça, em especial a eleitoral.
Olhem o exemplo mais recente: uma instância judicial cassa o mandato de uma prefeita e a deixa no cargo para esperar a decisão de uma instância superior, caso a ré recorra da decisão!
Que ponto chegamos!
Olha, sou um leigo em sistema judicial, mas afinal para que serve então as instâncias regionais se precisam de uma decisão “final” do andar de cima?
Já vimos esse filme para o ex prefeito que foi cassado e retornou, e mais recentemente o vereador que foi e voltou. E, até agora, não sabemos se são inocentes ou culpados!!
A própria justiça se desmoraliza perante a população. Será que ninguém do judiciário se enrubesce quando esses casos, mais famosos, vem a público?
Até quando isso vai acontecer?

Adiada reunião com Secretário de Planejamento

Postado por SINTUPERJ
27/5/2010
Adiada reunião com Secretário de Planejamento
Foi adiada para sexta-feira, dia 28, a reunião com o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy e as três entidades sindicais: Aduenf, Asduerj e Sintuperj. O horário do encontro foi mantido para às 10h30, na sede da Secretaria.

Gracinhas do O Globo

Na edição de hoje O Globo, pág 3, destaca a questão da violência: mostra a reportagem de um delegado assassinado no Nordeste.

Logo abaixo, em outra reportagem, as fotos de Dilma e Serra e suas opiniões sobre a segurança pública. Agora, a gracinha do jornal: Dilma aparece rindo e serra com um semblante preocupado. Em algumas páginas a frente, Serra vota a aparece em um corpo a corpo todo sorridente.

Os caras não mudam...

Vai sair aumento para outras categorias

Deu no O Dia:

Funcionalismo Estadual: Mais carreiras terão aumento

Rio - O governador Sérgio Cabral informou ontem, no Palácio Laranjeiras, que está fechando a lista de carreiras que terão aumento salarial este ano, a partir de 1º de junho. E pela primeira vez, ele divulgou publicamente que servidores da área de Segurança Pública serão os maiores destaques nos reajustes concedidos em 2010. “Será o maior aumento geral para a Segurança Pública, sem dúvida nenhuma”. Cabral afirmou que a ideia é conceder reajuste a partir de 1º de junho, como a Coluna publicou com exclusividade em 20 de maio. Ele não quis antecipar o índice, porque, segundo ele, o percentual ainda está em estudo.

O governador revelou algumas categorias que terão reajuste além dos policiais e bombeiros: Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica ); Emater ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural); Pesagro (Empresa de Pesquisa Agropecuária); Inea (Instituto Estadual do Ambiente) e engenheiros do estado. “Vamos contemplar carreiras que precisam de fato de atenção especial. Os modelos de aumentos serão diferentes”, afirmou. Em 19 de maio, a Coluna publicou que Cabral estava disposto a conceder reajuste a categorias de quantitativo menor, mas com salários congelados há anos. Ontem, ele anunciou que o pessoal da Saúde não receberá aumento.

Para Cabral, a antecipação de parcela da gratificação Nova Escola “dará um salto muito grande nos salários dos professores”. O governador disse que a notícia foi muito comentada pela classe. “Eles sentiram o aumento em 2009 e vão sentir agora também”. As mensagens com os reajustes serão enviadas à Assembleia Legislativa do Rio na semana que vem.

O fim está próximo

"Todo homem luta com mais bravura pelos seus interesses que pelos seus direitos." 
Napoleão




Faltam 37 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

Cartum do dia

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Enquanto o bandejão não fica pronto...

Para protestar contra a demora para conclusão das obras do bandejão da Uenf, que se arrastam a vários meses, os alunos organizaram um "almoço de inauguração"!
A comida, vegetariana, foi servida em frente ao canteiro de obras.
Pelo andar da carruagem, muitos almoços como esse virão...



Foto de O Diário.

Notícias da câmara de vereadores de Capão do Chorozinho


Quer dizer então que se um vereador de oposição cobra explicações da administração da prefeitura de Capão do Chorozinho, o vereador da situação ameaça investigar a administração passada, em que a mãe do vereador de oposição participou!!!

Só para entender: então, se não houver cobrança da oposição, a administração passada fica esquecida!!?? Cutucou o governo atual, desenterrem os "defuntos"!!??

Essa é velha Capão do Chorozinho de sempre!! Não muda mesmo!

Cartum da noite

O fim está próximo

Nada de novo no front! Na lesma lerda de sempre!


Faltam 38 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

O império da vergonha!

Atualizado às 21h29:
Flu 2 x 1 Fla
FIM DE JOGO! Fluminense 2 x 1 Flamengo

Aumento dos servidores do Tribunal de Justiça será votado quarta-feira

Deu no Extra:



Está na pauta desta quarta-feira, dia 26, do Plenário da Assembleia Legislativa (Alerj) o Projeto de Lei 3.046/2010, qua reajusta em 5% os salários dos servidores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). A matéria passou pelo Plenário na semana passada, mas recebeu nove emendas e saiu da pauta. O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (SindJustiça-RJ), que defende um aumento de 10%, está convocando os servidores para uma mobilização na Alerj a partir das 16h.

Fundação Amigos do Rim: conheça e colabore

Da Ascom/Uenf:

Os professores Ricardo Moreira de Souza e Cláudia Dolinski, da UENF, convidam para a assembleia de instituição da Fundação Amigos do Rim, a se realizar em 12/06, às 17h, no auditório do P4, na UENF. Membros da comunidade universitária que queiram colaborar poderão conhecer, na ocasião, a proposta de Estatuto que regerá a entidade e os projetos da entidade.

A Fundação terá entre suas missões a realização de campanhas de esclarecimento e prevenção envolvendo saúde renal; a orientação e acompanhamento a pacientes, transplantados e suas famílias, com atenção de nutricionista, psicólogo e assistente social; e ainda a viabilização de canal de comunicação entre a população do Norte/Noroeste Fluminense e a Fundação do Rim (baseada no Rio de Janeiro).

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Estamos esperando o que?

O movimento reivindicatório das universidades públicas por melhorias salariais, pelo menos na minha impressão, está (muito) devagar.

Pelo que foi tirado na última assembléia unificada (pedido de audiência com o presidente da Assembléia Legislativa (Alerj) e com os líderes do governo na Casa; fazer atos públicos; planejar uma ida em caravana a Brasília) e pelo encontro na secretaria de planejamento, nota-se que o governo do estado ainda não abriu nenhum canal de negociação, seja com os sindicatos ou com as reitorias.

Faltando 40 dias apenas para encerrar o prazo legal que o estado possui para aumentar o salário dos servidores, não nos é dada nenhuma sinalização de que haverá entendimento. A próxima assembléia unificada dos sindicatos será na Uenf e somente em 8 de junho!

Com todo respeito ao trabalho dos colegas sindicalistas, mas não dá para ter paciência e ficar esperando “sentado” até o dia 3 de julho! Por muito menos outras categorias entraram em greve! O que falta para a Uenf e Uerj entrarem em greve?


Estamos com 82% de perdas salariais e quatro anos sem aumento algum! Vamos aceitar passivamente essa política do Sr. Cabral!? Ficaremos mais quatro anos sem aumento?

Já erramos ano passado. Erraremos também em 2010?

O fim está próximo

“Eu tenho a força!”
He-man Cabral (41% das intenções de voto).



Faltam 40 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

Cartum do dia

Ecocartoon 2009: Ali Shahali - USA

sábado, 22 de maio de 2010

O fim está próximo

Prepare-te irmão!Cabral está voltando (para o segundo mandato)!

Faltam 42 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

Cartum do dia

sexta-feira, 21 de maio de 2010

O fim está próximo

O tempo passa...o tempo voa... e...Cabral continua numa boa!

Faltam 43 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Nos corredores da UENF

Nos corredores da UENF, sobre a ida ao Rio, estão dizendo que:

- Na Comissão de Educação da Assembleia Legislativa todos os representantes sindicais falaram; menos uma certa “grande liderança” do SINTUPERJ (UENF), que não conseguiu voz (terá sido vetado?).
- Uma professor da ADUENF, ao ver o mesmo tristinho sem querer ajudar em mais nada, sugeriu à “grande liderança” do SINTUPERJ(UENF) para fazer um novo sindicato só para ele.

Aumento sairá em 1º de junho

Mas só para os colegas da segurança! Os demais, continuam enxergando uma escuridão ao fim do tunel!

No O Dia:
Rio - Servidores da Segurança Pública do Estado do Rio — Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros — terão pelo menos 5% de reajuste a partir de 1º de junho, com pagamento em julho. O Poder Executivo está fechando os últimos detalhes do projeto que será encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), ao mesmo tempo em que acompanha a votação no Senado da proposta que redistribui os royalties do petróleo e que poderá fazer o Rio perder R$ 7,3 bilhões. Para a área da Educação, o governo quer antecipar para junho o pagamento da parcela da gratificação Nova Escola, que seria feito somente em outubro.

O vice-governador, Luiz Fernando Pezão, confirmou ontem, no Palácio Laranjeiras, que a Segurança Pública terá reajuste real este ano e que o Poder Executivo trabalha na antecipação da parcela do Nova Escola, conforme a ‘Coluna do Servidor’ noticiou ontem com exclusividade.

“O governador (Sérgio Cabral) vem estudando, e a gente tem preocupação, pois essa é uma das semanas decisivas. Se o projeto dos royalties será votado ou não. Se não tivermos a receita das participações governamentais ou se diminuírem, é preocupante. Mas, de qualquer maneira, ele (o governador) quer valorizar principalmente as forças de segurança. As secretarias de Fazenda e de Planejamento estão estudando. O Sérgio Cabral sabia que tinha que fazer um sacrifício com as outras categorias. Mas a área de Segurança é a que ele quer valorizar”, disse Pezão.

Segundo o vice-governador, a Educação também será beneficiada: “Estamos fazendo estudo para ver se antecipamos a Nova Escola. Tudo vai depender das votações”. Pezão também não vê problemas no prazo para aprovação e sanção da proposta. “Dá tempo de conceder aumento. Estamos em maio ainda e esperando para ver como será no Senado”, afirmou.

Gratificação para quem atua em UPAs

Os bombeiros que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) deverão ser os servidores contemplados da Saúde estadual com gratificação por atendimento e produtividade. A ideia é valorizar os que trabalham em um dos principais projetos do governo estadual.

O governo pretende, com esse tipo de gratificação, equilibrar os bônus já concedidos para as polícias Civil e Militar. Em 2009, o estado enfrentou problemas na etapa de substituição de terceirizados por membros do Corpo de Bombeiros. Muitos alegaram terem sido pegos de surpresa.




quarta-feira, 19 de maio de 2010

Comissão de Educação vai propor encontro entre representantes das universidades estaduais e presidente da Alerj

Da página do deputado Comte Bittencourt (PPS) :

Assessoria de Comunicação
quarta-feira, 19 de maio de 2010
A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio vai propor um encontro entre representantes das universidades do estado e o presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB), para discutir as perdas salariais, os sucessivos cortes orçamentários e as precárias condições de trabalho nas instituições de ensino estaduais. A decisão foi tomada durante reunião da comissão, realizada hoje (19/5), no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, na Alerj, com a presença de representantes de sindicatos e associações dos profissionais das universidades, que estão em luta por uma campanha salarial unificada. “O parlamento deve ouvir os sindicatos e ajudar a criar um plano de trabalho comprometido com a educação pública”, disse o deputado Comte Bittencourt (PPS), presidente da comissão.
“O governo do estado deveria utilizar os R$ 10 bilhões de sobra de caixa, anunciados pelo governador esta semana, nos jornais, para pagar o enquadramento por formação dos professores do estado, atrasado há muito tempo. Também deveria conceder um justo aumento aos servidores públicos, especialmente aos da Educação”, complementou Comte, referindo-se à matéria publicada ontem (18/5), na Coluna do Servidor de O Dia.
Para a presidente da Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Asduerj), Cleier Marconsi, as universidades vêm sendo sucateadas há anos. “A questão salarial chegou a uma situação extrema. Na Uerj, em apenas dois anos, 44 professores saíram para outras universidades, em função de melhores salários. Outro dado alarmante é com relação ao número de técnicos administrativos: em 2000 era de 6.500. Atualmente, não passam de 3.800”, alertou. Já o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Aduenf), Marcos Pedlowski, reclamou da perda salarial acumulada ao longo dos últimos anos e governos. “O bandejão está com obras atrasadas, falta água potável na universidade que, nos últimos dois anos, perdeu ainda 30% do seu corpo docente. É uma necessidade urgente a reposição dessas perdas salariais”, disse Pedlowski.

Cartum da noite

Separação

Uma separação aconteceu essa semana na Uenf. Cada um foi para seu lado.

A associação de técnicos (ASSUENF), que funcionava na mesma sala do sindicato dos técnicos (SINTUPERJ), se mudou para a antiga sala do CONVEST, no P5.

Será que foi amigável ou litigiosa?

Uenf decide realizar paralisação das atividades de todos os setores no dia 19 de maio

Do sintuperj/RJ:


A assembleia unificada realizada dia 12 de maio na UENF se mostrou como um grande avanço no processo de unificação das ações da ADUENF e da delegacia do SINTUPERJ na UENF na luta pela reposição de 82% de reposição de perdas salariais. Este é um momento histórico de resgate unidade entre todos os servidores da UENF.
Entre as deliberações da assembleia estão:
- Paralisação das atividades de todos os setores da UENF no dia 19/05/2009 para participação na audiência pública que ocorrerá na ALERJ para tratar da reposição das perdas salariais e dos problemas de financiamento da UENF e da UERJ, e participação no ato público que será realizado nas escadarias da ALERJ após o encerramento da audiência.
- Realização de assembléia unificada UENF/UERJ em Campos dos Goytacazes no dia 08 de Junho.
- Prioridade na luta pela reposição da perda salarial de 82%, inclusive dentro dos  órgãos colegiados da UENF.
- Luta pelo estabelecimento de uma data base para discussão com o  governo estadual de modo a definir anualmente os índices de reajuste salarial.

Cabralzinho dará aumento somente para uma parte do funcionalismo

Deu no O Dia (19/05):

Rio - O governo do estado pretende surpreender pelo menos parte do funcionalismo estadual, que já não esperava mais ter reajuste salarial em 2010. Fontes do alto escalão do Palácio Guanabara garantiram à Coluna que o pessoal da área de Segurança Pública — Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros — terá aumento acima da inflação este ano. Provavelmente, já a partir de junho. Segundo informações, o reajuste para os servidores da Segurança já está decidido, faltando apenas os ajustes finais no projeto. A ideia é conceder percentual igual ou maior do que os 5% liberados ano passado.

Para a Educação, o governador Sérgio Cabral quer antecipar, ainda em 2010, as parcelas da incorporação da gratificação Nova Escola. Segundo a lei aprovada no ano passado, restam seis parcelas que terminariam em outubro de 2015. Dependendo do impacto financeiro, o valor poderia ser pago integralmente até dezembro.
Já a área da Saúde seria contemplada com uma modalidade de gratificação por atendimento e produtividade. Cabral também estaria disposto a conceder aumento para categorias com quantitativo menor, mas que estão com salários congelados há anos. Segundo essas fontes, o governador estaria enfrentando resistência por parte da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão, que teme pelo impacto que os reajustes provocariam no orçamento.
Apesar de a legislação eleitoral proibir administrações públicas de concederem recomposições de perdas salariais às vésperas de eleições, titular de uma pasta estratégica do estado vem defendendo no governo que há precedentes para a concessão do reajuste. 

Em 2006, a então governadora Rosinha Garotinho sancionou 18 planos de cargos e salários às vésperas das eleições, beneficiando milhares de servidores estaduais ativos e inativos com reajustes que chegaram até 100%. O governo federal também beneficiou, em 2006, às vésperas da disputa eleitoral, mais de 1,5 milhão de servidores com aumentos variando de 12% a 190%.


terça-feira, 18 de maio de 2010

I ALDEIA DE EXPERIÊNCIAS SOLIDÁRIAS E TECNOLOGIAS SOCIAIS & II ENCONTRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Foi aberto hoje a tarde na UENF a I ALDEIA DE EXPERIÊNCIAS SOLIDÁRIAS E TECNOLOGIAS SOCIAIS: da teoria ao cotidiano social e o II ENCONTRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA.


O evento conta com exposição de produtos artesanais, projetos e palestras. É aberto a toda sociedade. Vale a pena visitar!

Bombardeio à vista

O bombardeio da boa música vai começar! Leiam o recado do Gustavo Rangel:
Mostrando que aos 28 anos de carreira estão buscando cada vez mais a inovação e aproximação com seu público, os Avyadores do Brazyl realizam neste sábado (dia 22) o seu primeiro ensaio aberto, a partir das 15h30 no Espaço da Bola, localizado na rua Formosa nº1000, que fica entre o bar Bodegas e o recém inaugurado bar Liverpool.
Veja mais aqui.

Funcionalismo Estadual: Reajuste ainda corre risco

O reajuste salarial do funcionalismo estadual está cada vez mais em risco. Como se não bastasse a demora na votação da Emenda Ibsen no Senado - que trata da redistribuição dos royalties do petróleo e faz o Rio perder R$ 7,3 bilhões -, a outra saída apresentada em abril pela Secretaria Estadual de Fazenda para aumentar a arrecadação ainda não teve efeito esperado. Em entrevista à Coluna, o titular da pasta, Joaquim Levy, explica como está o estudo.


"De fato, se uma parte substancial dos R$ 2 bilhões em autos julgados pelo Conselho de Contribuintes e enviados para cobrança pela dívida ativa na Justiça no ano passado ou dos R$ 4 bilhões de autos lavrados em 2009 forem julgados favoravelmente ao estado no curto prazo, haveria maior folga no orçamento", esclarece o secretário.

Levy observa que o cenário não está se concretizando: "Não há uma indicação clara de que essa situação esteja se cristalizando. Não obstante, algumas mudanças encorajadoras na agilidade do processo judicial, como a confirmação pelo Conselho Nacional de Justiça da legalidade do protesto dos títulos da dívida ativa em cartórios, o que, em princípio, aumentaria a pressão sobre os contribuintes inadimplentes. É uma área em que o estado tem que continuar investindo, através dos Três Poderes".

Se tudo ficar como está, a Educação (ativos e inativos) terá em 2010 somente a incorporação de mais uma parcela da gratificação Nova Escola e da reestruturação da carreira do Professor 40hs. Os ativos da segurança Pública (Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros) teriam gratificações por curso de capacitação. Ambas situações estão previstas em lei.

Aumento 2: calendário eleitoral
Para Joaquim Levy, a decisão fica ainda mais complicada devido às eleições: "O calendário eleitoral enrijece realmente o espaço de decisão, inclusive no caso de carreiras chaves para o estado, como a de contadores, cujo projeto de lei ajustando essa carreira às realidades da qualidade do gasto e da auditoria de efetividade ainda não pode ser apreciado pela Alerj".

Aumento 3: segurança e educação
Sobre os planos de contemplar demais categorias, o secretário diz que o estado tem sido bastante consistente no tratamento da Segurança Pública e Educação. "O governador (Sérgio Cabral) saberá continuar a dar o máximo para essas duas categorias. Vale lembrar que, além de remuneração, o governo tem investido muito em equipamento e condições de trabalho em ambos os setores".


Aumento 4: impacto em 2010
De acordo com informações da Secretaria Estadual de Planejamento, o impacto do reajuste concedido ano passado e das demais incorporações no orçamento de 2010 será de R$ 477.562.988, entre os servidores públicos ativos, e de R$ 393.916.613, entre inativos e pensionistas.

Campanha salarial: "maio vermelho"
O Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) vai se reunir amanhã, às 15h, no Iaserj. Os líderes vão organizar as próximas etapas da campanha salarial e também lutar contra a demolição do Hospital Central do Iaserj. A ideia é mobilizar a categoria para fazer deste mês o "Maio Vermelho". A categoria também planeja uma grande marcha ao Palácio Guanabara.

Pedido de reunião: "dia dos protocolos"
Entre as atividades previstas, está "O dia dos protocolos", no próximo dia 25, quando servidores de várias classes vão protocolar, a partir das 10h, na Secretaria de Planejamento, pedido de negociação com o titular da pasta, Sérgio Ruy Barbosa, para discutir reajuste salarial e outros assuntos.



Fonte: Jornal O DIA - Coluna do Servidor - 17/05/2010

Terça é dia de feira

Hoje tem a tradicional feirinha do P5, com produtos comercializados por assentados.
Funciona até às 12h.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Campanha salarial 2010: audiência pública na Alerj dia 19 de maio (quarta)

Da página eletrônica do Sintuperj/RJ:


A direção do Sintuperj voltou a enfatizar a importância dos trabalhadores comparecerem à audiência pública na Assembléia Legislativa na próxima quarta-feira, dia 19. Neste dia haverá paralisação na Uerj e Uenf para que os trabalhadores tenham condições de acompanhar a audiência. 

Cartum da noite

II Conferência Local de Controle Social: Royalties em Campos – balanço e perspectiva

1ª etapa: 20/5, 5ªf, 18:30, na Câmara de Vereadores de Campos (Av. Alberto Torres, 334, Centro)

promoção: Movimento Nossa Campos e Observatório de Controle do Setor Público.
apoio: PROEX/UENF, PROEX/IFF e Câmara de Vereadores.
coordenação: Hamilton Garcia (LESCE-CCH/UENF).
abertura: Almy Carvalho (Reitor da UENF), Cibele Monteiro (Reitora do IFF), Nelson Nahim (Presidente da CV de Campos) e Aurélio Lorenz (Diretor-Geral do OCSP).
palestrantes: Rodrigo Neves (PT/RJ, Comissão de Desenvolvimento Regional da ALERJ) Marcelo Freixo (PSOL/RJ, Comissão de Direitos Humanos da ALERJ) Geraldo Coutinho (Diretor Regional da FIRJAN) Denise Terra (CEPECAM da UCAM) Eduardo Crespo (Diretor do FUNDECAM) Roberto Moraes (Pró-Reitor de Relações Institucionais do IFF)
participação especial: Odisséia Carvalho (Vereadora do PT/Campos)
debatedores: Rony Araújo (Executivo da PURAC) Antônio Rangel (Petroleiro, ex-vereador do PT/Campos)

O fim está próximo

Faltam 47 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

domingo, 16 de maio de 2010

Morosidade

Quando é que a atual administração municipal acabará com algumas obras iniciadas na gestão passada?
Exemplos: Orla 1 e Praça da República.
A Orla 1, em Guarus, está abandonada desde o governo Mocaiber, que começou uma obra de recuperação e não terminou. Recuperação entenda-se construção de mais quiosques, para se juntarem aos que estão abandonados e servindo de ponto de droga e prostituição. O trecho entre a ponte de ferro e o quartel é o mais abandonado: ciclovia esburacada, lixo, falta de iluminação e vagabundagem.
A morosidade seria para a população esquecer que as obras começaram na administração passada? Seria falta de recursos? Incompetência? Falta de planejamento? Falta de gestão? Ou, todas as alternativas são verdadeiras?
Por que os representantes do povo não questionam?
Em breve colocaremos algumas fotos.

sábado, 15 de maio de 2010

O capitão da barca

Que a presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, precisa mandar “ao mar” uma barca ninguém tem dúvida. Para manter a coerência, o Capitão poderia ser o goleiro Bruno!
Pô! Já deu o que tinha que dar!
O cara barra jogador, briga com jogador, xinga a torcida e toma frango!
Não foi pelo empate de hoje não! O cara sempre aprontou!
Já está de bom tamanho!By!

Cartum do dia

O fim está próximo

Faltam 49 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

CONSUNI UENF

Por que estas 06 representações estão sem membros no CONSUNI (Conselho Universitário) da UENF?

- Representante dos Docentes Titulares CCT Eleger
- Representante dos Técnicos e Administrativos CCT Eleger
Representante dos Discentes
- Graduação Eleger
- Graduação Eleger
- Pós-Graduação Eleger
- Pós-Graduação Eleger

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Avyadores delivery

Para vc que gosta do som do Avyadores do Brazyl e também de uma mordomia, não perca essa dica do Gustavo Rangel:


Quer comprar o CD dos Avyadores? É só deixar seu telefone que entramos em contato. Ou então, nos mande um e-mail com seus dados que entregamos em mãos (para Campos) ou enviamos via Sedex!!!


Veja como em: http://avyadores.blogspot.com/

Mea Culpa

Será que os sindicatos da Uenf também não erraram em colocar a campanha salarial na rua, EFETIVAMENTE, somente esse ano?
Não poderíamos ter iniciado em meados de 2009?
Se o Reitor acreditou em Cabral e esperou o anúncio do finado índice, nós também esperamos...e nos ferramos!
O governador arrumou uma ótima desculpa em 2010("possível" mudança na Lei dos Royalties) para não anunciar nada e não dar previsão de aumento algum! E, com bons índices de aprovação de seu governo (!?), Cabralzinho ficou em excelente posição.

Hoje, não temos canal de negociação aberto com o estado e não possuirmos nenhuma sinalização que haverá alguma proposta.
Com o prazo chegando ao fim, estamos ficando em um beco sem saída...

Tabela não foi votada

Mais uma vez, a tabela foi levada para o CONSUNI e não foi votada por falta de corum.

Será que a Reitoria não poderia congelar esse tema e recolocar em votação após obtermos o aumento linear (se sair, claro!)?
A tabela, nesse momento, divide todas as categorias. Toda vez que vamos conversar sobre esse tema, não chega-se há consenso algum, só divergências!

A momento é lutarmos pelo aumento linear para todos! O PRAZO ESTÁ ACABANDO!

Tabela na Pauta do CONSUNI

Mais uma vez a questão de tabelas será discutida no Conselho Universitário da UENF, que se reune agora a tarde.
Gostaríamos que esse tema fosse congelado pela Reitoria. Precisamos é lutar para repor nossa perda de 82%.

O fim está próximo

Faltam 50 dias para acabar o prazo limite que o governo do estado tem para dar algum aumento ao servidor.

Cartum do Dia

quarta-feira, 12 de maio de 2010

O prof Alcimar não para!

Depois de lançar um livro com dados da nossa região, formula uma proposta para o desenvolvimento regional, tendo em vista as novas oportunidades que deverão ser geradas.

Vale dar uma lida: http://economianortefluminense.blogspot.com/

Mais um fiasco

Mais um fiasco rubronegro! E nem dá mais para botar a culpa no Andrade!
Rogério cairá amanhã?
Com essa "raça" é melhor nem disputar o jogo de volta!

Cartum da noite

A reprodução da mentira

Não dá para esperar muita coisa de gente ignorante. Tentam, tentam, mas... acabam nas cafajestagens!
Agora, quando pessoas que imagina-se que sejam sérias, que conhecem a verdade, reproduzem mentiras e calúnias, é o fim! Lamentável!
“Aquele que anda com porcos, um dia, inevitavelmente, acaba por comer farelo..."

Cartum do dia

O deputado da educação

O governador "deu" a secretaria de educação regional para o deputado. Agora a coisa vai...
Para onde é que não sei!!!

Edital de transferência: inscrições até esta sexta

Da ASCOM/Uenf:
Termina nesta sexta, 14/05, o prazo para inscrições no Edital de Transferências (externas e internas), Reingresso (de ex-alunos) e Isenção de Vestibular (para portadores de diploma superior). O edital abre 308 vagas nos 17 cursos de graduação da Uenf. As inscrições devem ser feitas na Secretaria Acadêmica da UENF (Prédio da Reitoria, térreo), de 9h às 11h30 e de 14h às 17h.
As vagas estão distribuídas entre os seguintes cursos: bacharelados em Agronomia (10), Ciências Biológicas (20), Engenharia Civil (10), Engenharia Metalúrgica e de Materiais (10), Engenharia de Produção (10), Engenharia de Exploração e Produção de Petróleo (08), Medicina Veterinária (10), Zootecnia (10), Ciências Sociais (20), Ciência da Computação e Informática (10); e licenciaturas em Física (20), Matemática (20), Pedagogia (10), Química (20), Biologia (20), Ciências Biológicas a Distância (70, sendo 10 vagas para cada um dos polos:

Itaperuna, Macaé, Bom Jesus do Itabapoana, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, Petrópolis e Itaocara) e Química a Distância (30, sendo 10 vagas para cada um dos polos: São Fidélis, Paracambi e Piraí). Para outras informações acesse o edital.

terça-feira, 11 de maio de 2010

BR 101

BR 101
Viajando pela rodovia no sentido Rio e vice versa, tive a oportunidade de observar os remendos que são feitos no inúmeros buracos de Campos até a entrada para a Região dos Lagos e o reasfaltamento no trecho até o Rio. O que levaria a tratamento tão diferentes...
Onde está a fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres.

Cartum do dia

Políticos na UENF

A presença de políticos na Uenf, um deputado federal e uma vereadora, representariam uma simples visita de cortesia ou estariam demonstrando real interesse pela educação pública da nossa região?

Na época que os mesmos detinham o poder local, não me recordo de alguma parceria consistente entre o município e a universidade. E mais, para quem não se lembra, no período que governaram e elegerem o sucessor, pode ser considerado um dos piores para a educação básica do município (basta consultar os indicadores e a colocação da educação de Campos no RJ).

Espero que tenham mudado e não tenham vindo apenas passear na Uenf na véspera da eleição!

Será que os dois políticos, que são amigos e aliados do Cabral, levarão para o governador o problema das perdas salariais (acumuladas em 82%) dos servidores da Uenf?!?? Será que os dois aceitariam “tomar um café” também com as representações sindicais da instituição?

Foto da Ascom/Uenf.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Sintuperj/RJ convida: todos à assembleia geral dia 19!


A cada dia nossa luta se fortalece e mobilização é fundamental neste momento. A luta por direitos depende da unidade e do fortalecimento de nosso movimento. Por isso, em nossa próxima assembleia geral nesta quinta-feira, dia 13, vamos discutir a reorganização do movimento sindical com tiragem de delegados para o Congresso da Classe Trabalhadora (Conclat). Além disso, discutiremos como se dará a paralisação de 24 horas no próximo dia 19. Precisamos marcar presença na audiência pública que debaterá a situação salarial e as condições de trabalho nas universidades públicas estaduais.
Em nossa organização e lutas cotidianas demonstramos nossa força e continuaremos firmes nas reivindicações de nossos direitos: reajuste de 82%; melhores condições de trabalho; concursos públicos; contra a privatização do Hupe. Nossa luta não acaba em mesas de negociação ou em reivindicações relativas aos interesses específicos de nossa categoria. A luta é muito maior. Nós, trabalhadores, aprovamos a participação do Sintuperj no Conclat em nosso VII Congresso. Isso porque é constante o processo de retirada de direitos nos últimos anos, principalmente, após a perda de credibilidade em algumas centrais sindicais. Por isso, discutir a reorganização do movimento sindical em outra central significa contribuir para a construção de um projeto ainda maior: rumo a uma sociedade justa, igualitária e solidária.
A hora é agora! Vamos JUNTOS arrancar nosso reajuste do governo! Compareça à assembleia geral do Sintuperj nesta quinta-feira, dia 13, às 14 horas, no Auditório 13 da Uerj/Campus Maracanã.

Cartum do dia

II Encontro de Economia Solidária


Datas importantes
Inscrições
06 de abril a 15 de maio para participantes como ouvintes
Inscrições
06 de abril a 10 de maio para expositores da Feira de Trocas Solidárias (cada expositor deverá trazer 02 litros de óleo de cozinha usado)
Envio de resumos expandidos
06 de abril a 12 de maio

A Pomba está solta

Deu no Ururau: “...Depois da apreensão dos peixes, logo no início da manhã deste domingo, às 6h30, os fiscais da Barreira Fiscal deram outro “bote” em carregamento desapropriado de animais. Um caminhão Mercedes Benz que transportava 420 pombos foi apreendido próximo a praça de pedágio de Guandu... Os pombos foram soltos no campo de futebol do Bangu, próximo ao Hospital Geral de Guarus.”

Primeiro, parabéns aos fiscais pela apreensão de animais na barreira fiscal.

Agora, tenho algumas dúvidas:
Quem autorizou a soltura dos pombos?
Não deveriam informar a algum órgão ambiental (IBAMA, sec. de meio ambiente) primeiro?
O local de soltura era o adequado?
Em algumas regiões, pombos são considerados pragas (pelas doenças transmitidas pelas fezes e piolhos), sendo assim, não haveria riscos para população a soltura sem antes um exame feito por veterinários?
Na terra da esculhambação, uma a mais uma a menos parece que não faz diferença mesmo...

Prazo se esgotando

O prazo para aumento do funcionalismo antes das eleições está se esgotando. Estamos quase na metade do mês de maio e, aparentemente, não há nenhuma solução para o reajuste dos servidores públicos estaduais.

Ficaremos mais um ano na pindaíba?

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Cartum do Dia

Canalhas na rua: ...a culpa é nossa!

Quando se permite que a escória, que os canalhas, os mentirosos ocupem cargos que de certa forma influenciam a vida de um grupo de pessoas, somos todos culpados!


Em algum momento falhamos ou nos omitimos. Ficar na posição cômoda de esperar que os outros façam, cria vazios, que são ocupados por alguém. Aí mora o perigo! Os aventureiros são os primeiros a chegar “com suas caravelas abarrotadas de mercenários infectos de doenças contagiosas e desprovidos de moral e ética”.

Chegamos ao fundo do poço! "É a lama...é a lama..."

5% para os serventuários

Deu no O Dia:

Rio - O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Luiz Zveiter, enviou projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Rio, que concede 5% de reajuste para os serventuários, a partir de 1º de maio. Segundo o líder do governo na Casa, deputado Paulo Melo (PMDB), o projeto será votado somente após os parlamentares se reunirem com o sindicato da categoria. O encontro está marcado para a próxima semana.

Zveiter destacou na mensagem que a remuneração dos servidores do Poder Judiciário vem sofrendo perdas acumuladas, resultando, consequentemente, em “graves distorções salariais”, se comparadas à remunerações dos servidores do Ministério Público do Rio, Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ou da Justiça Federal. Segundo o desembargador, as perdas ocasionam “crescente evasão de serventuários do Judiciário”.

Em sessão do Órgão Especial do TJ-RJ, realizada na última segunda-feira, também ficou definido que o tíquete-refeição será reajustado de R$ 21 para R$ 26 por dia e que o auxílio-locomoção receberá aumento de 6,82%.

O delegado sindical do Sind-Justiça (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio), Wagner Cordeiro, diz que o TJ-RJ poderia ter aprovado reajuste maior. “O tribunal trabalha com folha de pessoal lá em cima e, no nosso caso, ele coloca um valor que não é nem o valor dos últimos 12 meses, muito menos a projeção para a arrecadação deste ano. Então, estes 5%, que a presidência do tribunal afirma que foi o máximo que se pode chegar, não correspondem à realidade”, reclama.

A categoria ameaça entrar em greve por 24 horas, quando o projeto de lei for incluído na pauta de votação da Alerj. O comando de mobilização vai se reunir no próximo dia 14, sexta-feira, às 12h, no auditório do sindicato.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

TNS se reunem mais uma vez

Nessa quinta, no auditório 2 do P5, os técnicos de nível superior da uenf se reunirão mais uma vez.
A pauta será:
-Resultado da Reunião com o Reitor (no dia 29/04);
-Relato de participação no CONSUNI;
-Perspectiva de novo índice de reajuste na tabela.

Avyador faz aniversário

Gustavo Rangel lembrou:
O "Brigadeiro" Luizz Ribeiro comemora hoje mais um aniversário. Para alegria de amigos e admiradores do seu trabalho, Luizz continua firme em seu projeto de criação à frente dos Avyadores do Brazyl, ao longo dos 28 anos de existência da banda. Parabéns Luizz, que essa data se reproduza por muitos anos ainda!!!

Inscrições abertas para o vestibular Cederj

Da ASCOM/UENF:

Ensino a distância oferecido pelas universidades públicas abre 4,5 mil vagas em dez cursos na modalidade semipresencial
Estão abertas até 31/05 as inscrições para o vestibular do consórcio Cederj (Centro de Educação Superior a Distancia do Estado do Rio de Janeiro), que oferece nada menos do que 4.550 vagas em dez cursos. O Cederj é uma parceria entre a UENF, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ e UNIRIO e o Governo do Estado do Rio de Janeiro. As inscrições são feitas pela internet , e o valor da taxa é de R$ 57,00. Os cursos vinculados à UENF são os de Licenciatura em Ciências Biológicas e Licenciatura em Química.
Considerando o conjunto das universidades consorciadas, as opções para o candidato são as seguintes: Administração, Tecnologia em Sistemas de Computação, Licenciaturas em Ciências Biológicas, Física, Matemática, Pedagogia, Química, História e Turismo e o novo curso de Administração Pública.
As vagas para os cursos de Licenciatura Ciências Biológicas são distribuídas nos seguintes polos regionais: Bom Jesus do Itabapoana (30), Itaocara (35), Itaperuna (45), Macaé (45), Petrópolis (45), São Fidélis (35) e São Francisco do Itabapoana (30). Já as vagas para o curso de Licenciatura em Química são distribuídas nos polos Paracambi (30), Piraí (30) e São Fidélis (30). No total, são 265 vagas para o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas e 90 vagas para o curso de Licenciatura em Química.
A UENF reserva 45% de suas vagas para atender ao sistema de cotas, em cumprimento à legislação estadual. Podem concorrer no sistema de cotas ex-alunos de escola pública, negros e indígenas, pessoas com deficiência e filhos de militares mortos ou incapacitados em razão do serviço. Também um total de 30% das vagas de cada curso/polo será preenchido por candidatos que tenham realizado o Enem. Para isso basta fornecer o número de inscrição no Enem ao preencher o formulário.
O aluno aprovado no vestibular do Cederj contará com sistema de tutoria presencial nos polos regionais e tutoria a distância (por telefone, fax, internet), além de aulas práticas de laboratório. Ao término da graduação, receberá diploma igual ao dos alunos dos cursos presenciais. Outras informações nos seguintes telefones: (22) 3861-4844 (Região Norte Fluminense), (21) 2334-1728 (Rio e Grande Rio), (24) 2431-9982 (Região Sul Fluminense).