quarta-feira, 23 de julho de 2014

ONU não quer ver extermínio na Palestina


Mais um massacre promovido pelo governo de Israel na Palestina é ignorado pela ONU. Israel já tomou a maior parte do território da palestina para si, isolou os palestinos em dois guetos e parte para promover novo holocausto. E tudo isso sendo ignorado pelos países ditos civilizados e pela sua principal organização! 
Vergonha!

terça-feira, 22 de julho de 2014

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Metendo o bedelho na Copa: O futebol de raiz x pernas de pau

Ia terminar a série metendo o bedelho na copa mas a CBF não deixa!
Primeiro, nomearam o Gilmar para coordenar (?) nosso perdido futebol. Como tudo nessa entidade é meio nebuloso, fica a dúvida da verdadeira função do ex-goleiro. Também não se sabe da sua experiência na função que deverá desempenhar.
E, para coroar "os novos tempos" do futebol brasileiro, convida-se o sempre disponível Dunga para o lugar de Felipão!
Na sua primeira passagem, Dunga já disse ao que veio: montou um time de volantes, que não deveria tomar gols e teria que jogar na raça para vencer. Se naquela época, que ainda contava com jogadores (mesmo em fim de carreira) que sabiam jogar bola, não venceu a olimpíada e nem a copa, imagina agora que só tem o Neymar!
Parece que a paulistada que comanda a CBF não aprendeu a lição e vai insistir e investir no futebol feio, no futebol de volantes, no futebol da garra praticado pelos pernas de pau em detrimento ao futebol arte, ao futebol de raiz!
Sem querer ser pessimista, mas ...se a coisa está feia tudo indica que vai piorar!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Metendo o bedelho na copa: preconceito

Quer dizer que os argentinos se ofenderam com o gesto dos alemães!!?? Que coisa, pois nossos irmãos americanos do sul, com seu nariz empinado, sempre foram preconceituosos com os brasileiros!
Preconceito sempre é feio, tanto o praticado pelos europeus como os nossos próprios!

terça-feira, 15 de julho de 2014

Metendo o bedelho na Copa: "O velho futebol"

Sou do tempo do velho e bom futebol!
Me viciei nesse esporte assistindo o time do flamengo, que ganhava tudo na década de 1980 e que culminou com a vitória no mundial de clubes no Japão.
Esse foi meu referencial de futebol.
Assistindo hoje o próprio flamengo e o futebol brasileiro de um modo geral, é de dar pena. Não tenho paciência para ver esse “futebol moderno” praticado aqui e na Europa.
É feio, sofrível, violento!
Super técnicos milionários, super estratégicas, super estádios, super salários milionários, super centros de treinamento, super condicionamentos. Uma pena, mas nada disso tem garantido um futebol decente! O que apaixona nesse esporte, pelo menos em minha opinião, é o drible, a bela jogada, o passe certeiro e, claro, o gol!
Não paro para assistir retrancas, show de volantes (ou zagueiros de meio de campo), tesouras voadoras, carrinhos, brigas, zero a zeros! E as últimas copas tem sido o espelho desse péssimo futebol praticado mundialmente.
O Brasil perdeu porque formou um time de volantes. A culpa é do ex técnico? Não, pois convocou os melhores, mas infelizmente os melhores não sabem jogar futebol. E, provavelmente, perderá a próxima copa, pois os novos jogadores são formados com os mesmos valores que imperam no atual futebol!

Quando vejo as soluções para renovar nosso futebol (técnico europeu, reformulação de clubes, centros de treinamento, etc) dou risada. Nada se fala de ensinar os meninos a jogar, ou a serem brasileiros, ou a jogarem com alegria!
Eu quero ver gol!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Metendo o bedelho na Copa: "O cara de pau!"

Um líder da oposição dando entrevista na TV (PIG), hoje a noite, disse que o sucesso da copa foi de todo mundo, menos dos organizadores governamentais!!!
Elogiando até as empreiteiras, tão criticadas pela própria oposição e pelo PIG pelo alto custo das obras dos estádios!!!!
Que cara de pau!

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Sabidões no reino das armações - 5


Amanhã deve acabar mais uma artimanha dos sabidões.

Para camuflarem seus próprios erros, primeiro insistiram de forma covarde em jogar a culpa pela sua incompetência em certa categoria. Depois inventaram uma greve para tentar melar o que já estava decidido.
Só que esqueceram que lá na capital não é igual aqui, na Universidade do Pode Tudo.
Com sua "grande estratégia" continuam dividindo os técnicos e, o que é pior, trazendo perdas para esta categoria.

No próximo capítulo: os dois reis que babaram ovo do governo e só receberam cortes no orçamento.




* "Sabidões no reino das armações!" é uma obra de ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Sabidões no reino das armações - 4


No meio deste rebu criado por Sabidinho e Sabidão para jogar a culpa por suas falhas nos outros, quem sumiu de vez foi o Rei Apequenado.

Dizem que anda sumido porque a dívida de uma certa eleição não foi paga e os servos que acreditaram nas promessas, mais descabidas possíveis, ficaram revoltados.
Esse pessoal fala demais pelos corredores da universidade do Pode Tudo! Mas afinal, que dívida será essa?
Será que foi algum acordo deixado pelo antigo governante do reino das armações, o Aprendiz-de-político?
Mistérios...



* "Sabidões no reino das armações!" é uma obra de ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Sabidões no reino das armações - 3

Mais uma covardia dos sabidões!
Para não admitirem o desastre que foi sua gestão a frente do sindicato, e esconderem seus erros, a dupla continua a alimentar o ódio entre os colegas.
Ao invés de protestarem contra os baixos salários e apresentar soluções viáveis, continuam a querer destruir a carreira de uma parte dos colegas, fazendo comparações absurdas e sem critério!
Mas.. o mundo dá voltas...
As máscaras já começaram a cair...
E as canalhices a aparecerem...




* "Sabidões no reino das armações!" é uma obra de ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Sabidões no reino das armações

Mais uma jogada dos sabidões!
Para não admitirem a culpa dos acordos que fizeram com o Rei Miúdo, para não admitirem suas estratégias erradas que levaram o movimento ao fracasso, Sabidão e Sabidinho se lançam em nova empreitada.
Primeiro, inventaram diversos culpados para tirar a autoria do fracasso de seus ombros!
E por último, querem levar os colegas para o fundo do poço!
O mais estranho nisso tudo, é observar com existem pessoas dispostas a se auto destruírem por causa de uma liderança espertalhona, divisionista e incompetente!






* "Sabidões no reino das armações!" é uma obra de ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.