quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Fevereiro (mais uma vez) de bolso vazio

Segundo uma fonte que participou de reunião na Uenf esta semana, foi dito que no mês de fevereiro nada será resolvido em relação a questão do aumento do salário dos docentes, pois o governo do estado deu a desculpa que, como a ALERJ só reiniciou os trabalhos agora, nada poderia ter sido feito.
O governo tem sempre uma "desculpinha" na ponta da língua! Depois, vem carnaval, Semana-Santa, ...
Parece, que só está certo o pagamento dos 22%, mas não se sabe a partir de quando e de que forma (pinga-pinga ou integral).

10 comentários:

Anônimo disse...

Quer dizer que a turma dos melhores salarios do Rio de Janeiro acreditam que o governo vai dar os 82%. Acordem pessoal, esta greve está envergonhando a muitos. O povo tirou férias e sumiu enquanto os alunos estão se ferrado. Nao entendo porque os pais ainda não entraram na justiça. 22% é um excelente aumento hoje, mesmo em parcelas

Anônimo disse...

Olá UENF, mais uma semana sem notícias... tá difícil!

Anônimo disse...

esta cada vez mais dificil acreditar q essa greve não passa de politicagem só para faturar a proxima reitoria....

Anônimo disse...

É de irritar a insensibilidade do Governo! Umas das principais e melhores instituições do país sendo totalmente ignorada. Não é possível torna-la federal?! Vamos mudar de patrão!
Alguma outra sugestão?

Anônimo disse...

Galera, com os 22% eu volto correndo. Já estamos com o semestre muito atrapalhado, alunos prejudicados etc. Melhor deixar a discussão do DE e outros reajustes mais pra frente.

pedlowma disse...

Prezados,

Acho peculiar que ainda haja gente que queira vincular o nosso movimento reivindicatório à eleição para a reitoria da UENF. Como ficará evidente a partir de amanhã, nem a ADUENF nem o SINTUPERJ tiveram qualquer ingerência na formação de qualquer uma das chapas. Já a reitoria da UENF não apenas tem chapa de sucessão, como também vive tentando atravessar o caminho dos sindicatos para aparecer como única interlocutora junto ao governo.

Pessoalmente acho que melhor fariam os que questionam os sindicatos de forma anônima se ajudassem a fortalecer um movimento cujo único intuito é melhorar os nossos salários.

Atenciosamente,

Marcos Pedlowski

Anônimo disse...

Acredito que a Reitoria esta se fazendo presente nas negociaçoes pois a açao do sindicato nao esta sendo tão construtiva como deveria ser. A Uenf esta sendo prejudicada pela forma que o movimento e conduzido.

Anônimo disse...

Pela forma que o movimento é conduzido????

Quem não quer negociar?
Os "donos" da UENF são os servidores e o alunado, não um sujeito que foi eleito para comandar a COPA de 2014!

Acorda! Daqui a uns dez anos seu filho não poderá ingressar numas das melhores universidades do país...pois os melhores funcionários vão perdendo a vontade de construir!

A propósito, o jogo será na quarta, à tarde, e viva a COPA de 2014!

Anônimo disse...

Os sindicatos estao conduzindo mal o movimento.

Anônimo disse...

Quer dizer que a UENF é dos funcionarios e dos estudantes? É por isso que ninguem apoia....

O povo, acordem...a Uenf é patrimonio do povo e os funcionarios PUBLICOS recebem para atender aos interesses dos cidadãos.

Que absurdo ler isso aí em cima.

Que tal pensar em privatizar a Universidade e cobrar produtividade?