terça-feira, 26 de janeiro de 2010

ADUENF se manifesta sobre o corte de Cabral

A associação dos docentes da Uenf - ADUENF colocou uma faixa de protesto na entrada da Uenf sobre o corte de Cabral nas verbas para as universidades públicas estaduais, do orçamento de 2010.
A Reitoria e a representação dos funcionários ainda não se manisfestaram.

17 comentários:

Anônimo disse...

blz
agora manda o Marcos Pedlowski ir lá no Laranjeiras peitar o Cabral!

Anônimo disse...

GREVE JÁ ! E PAREM DE FICAR IRONIZANDO O MARCOS PEDLOWSKI E COMEÇEM A PENSAR EM AÇÕES PRÁTICAS A FAVOR DO REAJUSTE SALARIAL, SEUS OTÁRIOS.

Uenfezado disse...

É isso aí Joe! Os caras acham que apenas um resolve. Mobilizar para que?

Anônimo disse...

O problema é que este um não quer resolver. Ele só quer confusão. Estou errado?

Anônimo disse...

Depende do que entende por confusão...
Confusão ao meu ver é construir dois quiosque iguais com valores diferente, pagar uma grana para manutenção de piscina e depois desfazer, andar de hylux, obter insalubridade em ambiente refrigerado,etc, etc. Se não fosse ele a mostrar estas, digamos, confusões, estariamos mais confusos ou fu?

Anônimo disse...

Parem com essa birra infantil em torno do prof. Pedlowski. Reitoria versus Pedlowski e no final, tudo farinha do mesmo saco... = corporativismo puro !

pedlowma disse...

Prezado Luciano,

Primeiro quero dizer que acho muito boa a sua iniciativa de construir um blog onde os problemas da UENF são colocados e discutidos de forma direta. Estou me dirigindo a você e seus leitores, pois fui citado diretamente em algumas postagens anônimas acerca da reação que a ADUENF deverá tomar em relação ao corte feito pelo governo do estado numa verba que havíamos negociado na Comissão de Educação da Alerj. Uma primeira coisa que quero deixar clara é que apesar de ser a figura mais pública da atual diretoria, não sou o único a tomar as decisões. Aliás, tudo o que fizemos em 2009 foi previamente aprovado em assembléias, e isto continuará sendo feito em 2010. Neste sentido, não me vejo como uma figura que age apenas regida por seus próprios interesses. Creio ainda que meus anos na UENF já mostraram que eu não tenho medo de cara feia de governadores ou de dirigentes institucionais. Se não fosse assim, não teria respondido por várias sindicâncias escabrosas onde o principal "crime" foi defender publicamente minhas posições e idéias, sem ter que me esconder em postagens anônimas para fazer o debate que acho correto. Por fim, os leitores do seu blog podem ter certeza que a ADUENF dará a devida resposta no devido momento e na proporção que os nossos associados acharem correta. E aqueles que quiserem se juntar a nós na luta por por melhores salários, o caminho para entrar na sede da ADUENF é bem conhecido.

Atenciosamente,

Marcos Pedlowski
Professor da UENF e eventualmente presidente da ADUENF

PS: Obrigado por postar o nosso adesivo de campanha. Em breve teremos uma nova versão e lhe encaminharemos assim que estiver pronta.

Uenfezado disse...

O difícil é convencer as pessoas que TODOS precisam participar esquecendo um pouco as demandas individuais e pensar no coletivo.
Se alguns reclamam que outros sobressaem, precisam entender o movimento associativo da Uenf, que nos últimos anos sofre com o desinteresse pela defesa da universidade. Poucos defendem a bandeira e...aparecem.
A Aduenf agiu corretamente ao estabelecer sua pauta de reivindicações, uniformizando o discurso. Enquanto isso, os funcionários se dividem. Daí veio à utilização do adesivo da ADUENF, pois os técnicos não possuem o seu (o que reivindicamos afinal?)!

PS: Uenfezado não é o servidor mencionado.

Anônimo disse...

Então de quem é este blog?
O blog é anônimo?
No cabeçário fala que ele é de funcionários da UENF, são todos eles?

Uenfezado disse...

Funcionários da UENF!

Anônimo disse...

Depois vcs. não podem reclamar dos anônimos, até os donos do blog são anônimos!
Temos o blog do Roberto, da Jane da Odisséia, do Bastos do Garotinho, etc,etc,etc. Funcionários da UENF é muito vago.
Quanto ao Marcos, realmente ele dá IBOPE,pois nenhum post até agora teve tantas postagens quanto este. Acho que deveria convida-lo a escrever, pois só assim ia da uma bombada por aqui.

Funcionário da UENF

Uenfezado disse...

Não reclamamos dos anõnimos nem estamos preocupados com "ibope"!!

Anônimo disse...

Afinal de contas vivemos numa domocracia e... os anônimnos fazem parte dela não acham ?

Anônimo disse...

ora,ora ,ora ,vamos fazer a lição de casa ,quebra de D.E, jornada de 40 h ??? ou T.Q.Q., deslocamento de servidor lotado no município, utilizando carro e motorista ,com diária???
prestação de contas o T.C. já deu o ok?
pois é tem muita sujeira rolando ,aguardem cenas dos próximos capítulos !!!!!

Anônimo disse...

Essa é para descontrair e pensar, vamos lá, responda se for capaz!

Caso a UENF não existisse, onde os garotinhos estariam fazendo seu carnaval?
a) Em frente ao mercado municipal
b) Em Tocos
c) Em frente ao HGG
d) No porto do Açu
e) Na Rua Barão de Amazonas

Anônimo disse...

frescura da porra essa de vcs vão todos vcs tomo nesse cu seus filho da puta inclusive esse tal de marcos essa porra e serio e a nossa educação e futuro que ta em jogo nessa porra

Anônimo disse...

Apoio a causa dos professores, acho que merecem os 82% de reajuste. Contudo a minha pergunta é diretamente ao senhor Marcos Pedlowski.


Qual é o sentido de se iniciar uma greve em 16/08/2010 sabendo-se que o atual governador Cabral ou qualquer outro que seja eleito não pode tomar nenhuma atitude no sentido de atender às reivindicações dos servidores até Outubro?

Por que não fazer a greve em Outubro quando medidas reais e aplicáveis poderão ser tomadas. Penso que uma greve em agosto é uma grande perda de tempo, um equívoco.

Tenha certeza que esse é o pensamento da maioria dos estudantes da UENF.