sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Para Sindicato dos Funcionários UENF e UEZO não Existem

Na página eletrônica do Sintuperj há uma campanha para que o estado repasse os 6% da receita líquida para a UERJ. Esta lei foi feita no tempo que existia apenas a UERJ como universidade estadual, para garantir um funcionamento adequado(até aí tudo bem , muito justo).

Os tempos são outros: foi criada a UENF e recentemente a UEZO (Universidade Estadual da Zona Oeste). Todas Estaduais! Todas carentes de recursos financeiros.
Agora, vem a direção do sindicato (que se diz ser) representante dos funcionários das universidades estaduais lutar apenas por verba na UERJ!!! Parece que para eles UENF e UEZO não existem, ou melhor, existem quando atendem seus interesses políticos eleitoreros.

Um comentário:

Xacal disse...

Esse é um problema clássico dos sindicatos que detêm base espalhada pelo Estado, como os de funcionalismo público...

Como a maioria da categoria(e dos votos) está nas capitais, as demandas e especificidades do interior, bem como sua representatividade estão sempre prejudicadas...

Ainda não vi, em nenhum sindicato com essas características, um modelo de representação que dê contas desse problema...

O resultado acaba sendo uma fragmentação da base, e a fundação de outras instâncias que acabam por enfraquecer o poder dos sindicalizados...

Um abraço